Loading...
Rinoplastia 2019-02-26T18:03:16+00:00

Rinoplastia

A Cirurgia

Rinoplastia é uma cirurgia feita com o objetivo de remodelar o nariz. O procedimento pode ter fins estéticos ou funcionais. No caso do primeiro, pode-se querer torná-lo menor , mais fino ou mais largo. Também, corrigir defeitos, mudar seu ângulo ou desentortá-lo. Sendo com fins funcionais, pode ser necessário restabelecer a respiração, corrigir funções prejudicadas, traumas, etc. Pode-se afirmar que na maioria dos casos o paciente busca torná-lo mais harmonioso e proporcional.

Porém, além do objetivo estético, esta cirurgia também pode corrigir certos problemas funcionais, como mencionado. Além da questão da obstrução nasal, como pacientes acometidos de sinusite ou alguns tipos de cefaleia, por exemplo. Isso também é comum de ser observado no caso de septo nasal desalinhado, o qual deve ser modificado para ficar mais alinhado. Neste caso há geralmente alteração de várias estruturas internas do nariz.

A Abordagem

A abordagem da cirurgia nasal pode ser externa, através de um pequeno corte na columela (rinoplastia aberta), cuja cicatriz tende a desaparecer após três meses de pós-operatório ou abordagem interna (rinoplastia fechada).

A decisão do tipo de abordagem está relacionada com o tipo de nariz a ser operado e o que o paciente deseja como resultado.   Em alguns casos, há a necessidade de diminuir as assas do nariz. Como resultado, ficarão pequenas incisões laterais, as quais ficam pouco perceptíveis com o tempo.  Assim, a cicatrização leva em torno de seis meses e não são perceptíveis na distância habitual de comunicação.

Orientações

A idade mínima para fazer o procedimento cirúrgico é de quatorze anos para meninas e de dezesseis anos para meninos.

A anestesia é individualizada para cada caso, sendo sempre com a presença permanente de anestesista na sala cirúrgica.

No dia da cirurgia, o paciente deverá chegar no hospital em torno de uma hora antes do horário previamente marcado, em jejum de oito horas.  Após a cirurgia, que dura em média duas horas, o paciente irá para a sala de recuperação e ficará por mais duas horas se recuperando das medicações administradas.

Usualmente, não se usa tampões internos no nariz e o paciente irá para casa respirando pelo nariz, com uma certa restrição na passagem do ar, sensação semelhante a um quadro gripal.

Chegando em sua residência, deverá manter repouso, em posição semi-sentado (45o) mantendo compressas geladas e úmidas embaixo dos olhos para diminuir o inchaço, durante dois dias.

Após os primeiros dois dias, poderá continuar fazendo compressas na temperatura ambiente com chá de malva ou arnica, por mais três dias.  A drenagem linfática é aconselhada e pode ser iniciada no dia seguinte ao da cirurgia.

Nesses primeiros sete dias o paciente apresentará obstrução nasal pelo edema interno. Para amenizar o desconforto poderá vaporizar soro fisiológico ou algum vasoconstrictor nasal.  Apesar do edema e da obstrução nasal, a queixa de dor não é comum.

A primeira consulta após a cirurgia será do quinto ao sétimo dia após a data do procedimento cirúrgico.  Nessa consulta será feito uma limpeza interna, troca de curativo e retirada dos pontos.

Nessa primeira reconsulta, após a retirada do curativo realizado na cirurgia, geralmente é colocado um curativo de Micropore®. O paciente vai retirar esse curativo em casa, após cinco dias.

O paciente retornará ao consultório após um mês e meio, se tudo estiver bem.

CONSULTE ORIENTAÇÕES DE PRÉ E PÓS OPERATÓRIO.

Pré-operatório
Pós-operatório